The Model SASCKYA PORTO represented the United States in the “2011 Golden Globes’ red carpet in Colombia South America

Incredble Sasckya Porto shine on Jacob Lyda’s music video I’m Doing Alright on CMT.com

The Davis Music Group’s breakthrough artist Jacob Lyda’s debut video has hit CMT.com, and country music fans around the world are giving both the song and the video a double thumbs up!

CLICK HERE TO SEE EXCLUSIVE BEHIND-THE-SCENES PHOTOS FROM “I’M DOING ALRIGHT!”

CLICK HERE TO SEE BREAKING NEWS ON JACOB LYDA ON CMT.COM

The song “I’m Doing Alright” was written by Lyda along with Paul Overstreet, while the video co-stars Brazilian Super Model Sasckya Porto, and was directed by THE HEYMAN HUSTLE‘s Mitchell K. Stuart.

incredble Sasckya Porto shine on Jacob Lyda’s music video I’m Doing Alright on CMT.com[/caption]“Jacob has a filmmaker’s knowledge of country music videos and of all the great Westerns movies,” Mitchell told us, “It was a joy to work with someone who is not only a gifted musician, but could quote great camera moves and scenes from those classics as if they were hooks to a song.”

“There’s this one scene in the field where the lighting is just perfect,” Lyda added, “on my truck!”

The singer/songwriter continued, “So whenever I watch that scene, I don’t even look at me – I just think how good my truck looks!”

 

I got the sun in the day the moon at night
And the softest thing holding me tight
I’m doing alright – I’m doing alright
I got the radio up and the world on hold
And the love of my life singing that’s the way love goes

 

I’m doing alright- I’m doing alright
I ain’t got no worries for miles around
Got a dream come true right here right now
I’m doing alright
I’m doing alright

 

I got the windows down and a cool southern breeze
And a one ina million sitting next to me
I’m doing alright- I’m doing alright
She’s got me all revved up feeling so good
Purring like that 350 under the hood
I’m doing alright
I’m doing alright

 

There’s a man on the T.V. sayin’ times are real bad
But when she’s loving on me I forget all that
Nothing in the world going to bring me down tonight
I’m doing alright- I’m doing alright

 

Her whisper is sweeter than the words that she said
As she leads me upstairs to that big brass bed
I’m doing alright – I’m doing alright
I ain’t got no worries for miles around
Got a dream come true right here right now
I’m doing alright
I’m doing alright


I got the sun in the day the moon at night
And the softest thing holding me tight
I’m doing alright – I’m doing alright
I’m doing alright- I’m doing alright

 

You can purchase Davis Music Group’s hottest new act Jacob Lyda’s debut release “I’m Doing Alright” right now on I-Tunes HERE, and you can follow Jacob’s rising star on Twitter HERE

Of course, we’re HustleTweeting about Jacob Lyda’s “I’m Doing Alright,” and you are more than welcome to join the conversation by following the Hustle on Twitter HERE or write to us at
This e-mail address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it

You can also subscribe (for FREE, cheapos, absolutely FREE) to our Ultra High Quality YouTube Channel HERE, and don’t forget to check out our old school social networking skills by visiting us on Facebook HERE and even on MySpace HERE

LADIES AND GENTLEMEN, THE HEYMAN HUSTLE IS PLEASED AND PROUD TO  PRESENT
A MITCHELL K. STUART-DIRECTED VIDEO FOR THE DAVIS MUSIc GROUP …
JACOB LYDA’S DEBUT RELEASE … “I’M DOING ALRIGHT!”

CTIB A MAIOR CENTRAL DE TRABALHADORES BRASILEIROS FORA DO BRASIL

CTIB A MAIOR CENTRAL DE TRABALHADORES BRASILEIROS FORA DO BRASIL

A CTIB é uma Entidade de nível Nacional que procura congregar todos os Trabalhadores Brasileiros nos Estados Unidos, a CTIB é a mais nova central dos Trabalhadores Imigrantes nos Estados Unidos. Nasce no dia 01 de maio de 2009 para contribuir com o esforço coletivo de tornar o Trabalhador Imigrante Brasileiro visível e com ferramenta mais eficaz na nova fase da luta por melhores dia nos USA. A tarefa é unificar as associações, grupos, comunidades e entidades de representações dos Trabalhadores Brasileiros, ainda mais urgente porque a disputa de rumos dos Trabalhadores Brasileiros está, novamente, na ordem do dia. A força do Trabalhador Brasileiro têm chances reais de conquistar mais direitos nos Estados Unidos e abrir caminhos para a legalização.


Uma aposta no trabalhador Brasileiro

A CTIB reúne militantes de igrejas, movimentos sociais, homens e mulheres, de diferentes gerações e etnias, de diversas categorias e dos vários estados do país que buscam resgatar o sentido mais profundo da palavra militância. Pessoas que sentem e agem como parte de um amplo movimento de transformação do direito trabalhista e de vida, maior que o próprio o movimento pessoal. Lutadores e lutadoras sociais que assumem a política Associativa como espaço e tempo para fazer a história.

Pessoas que compartilham valores sem os quais uma utopia fica apenas no plano da retórica. Rebeldia perante o dia-a-dia. Indignação frente à injustiça social e a todas as formas de opressão e discriminação. Solidariedade que faz da luta de cada oprimido a luta de toda uma classe. Generosidade para dedicar sua energia para a emancipação humana. Coragem para assumir e buscar superar os conflitos e contradições presentes na construção de uma nova fase. Pessoas comprometidas com a construção de uma profunda aliança social do Trabalhador Brasileiro, como: a Marcha Mundial de Mulheres, movimentos pela legalização, com os afro-descendentes, a Central de Movimentos Sociais, a juventude, movimentos culturais, de gays e lésbicas e todos aqueles e aquelas que lutam a favor do bem comum do trabalhador Brasileiro.

Militantes Sociais de diferentes tradições e que compartilham uma identidade programática que se expressa numa visão comum, mas não fechada, sobre os impasses estratégicos vividos pelo Trabalhador Brasileiro na sua construção e em sua orientação política e sobre como responder aos desafios rumo a construção de melhores dias neste pais, honrando os princípios constitucionais e a leis dos USA.

Os impasses vividos pelos trabalhadores Brasileiros nos USA resultaram de sua incapacidade para responder a essa nova condição de sua base social e intervir na questão do poder no marco da nova institucionalidade. A crise hora vivida, revelou insuficiências dos movimentos pro imigrantes nos Estados Unidos anterior das diversas correntes e, também, a aposta em perspectivas estratégicas erradas por parte do setores representativos dos Brasileiros.

Nessa fase de atuação defensiva a tarefa prioritária foi organizar a resistência às pressões de adaptação à ordem. Foi nesse contexto que construímos a CTIB junto com outras correntes políticas e movimentos sociais.

Nossa aposta para que a CTIB se constitua como uma corrente orgânica, baseada em acordos programáticos vai ser vitoriosa. O reconhecimento consensual de seus limites levou a uma redefinição de seu projeto original , a CTIB passou a ser a uma frente de alianças prioritárias.

A aposta numa corrente social só se justifica quando ela combina concepção social com concepção política trabalhista; quando tem capacidade de propor, intervir e atuar de forma coletiva; quando sua identidade se expressa em uma prática e em posições políticas comuns; quando as diferenças internas não levam a um imobilismo.

CELSO AMORIM RECONHECE TRABALHO DA CENTRAL DOS TRABALHADORES IMIGRANTES BRASILEIROS – CTIB

Ministro destaca excelente trabalho da CTIB – Central do trabalhador imigrante Brasileiro no Estados Unidos

CELSO AMORIM RECONHECE TRABALHO DA CENTRAL DOS TRABALHADORES IMIGRANTES BRASILEIROS - CTIB

Em cerimônia realizada – 31/07 – no Palácio Itamaraty, para a assinatura de ajustes complementares de acordos na área de formação profissional, firmados pelo Brasil com os Estados Unidos, o ministro das Relações Exteriores, Celso Amorim, lembrou a “tradicional e valiosa” parceria com a CTIB.
“Não posso, em mais esta oportunidade, deixar de ressaltar a eficiente contribuição prestada pelos dirigentes e pelo grupo da CTIB, e de manifestar meu reconhecimento pelo excelente trabalho que a entidade vem realizando no setor de formação profissional” dos trabalhadores Imigrantes Brasileiros no Estados Unidos, destacou o ministro

IMOBILIARIA PABLO MAIA DA TRAMBIQUE NOS ESTADOS UNIDOS

17/09/2010 23:30 – sexta-feira, 17 de setembro de 2010.
Dinheiro pelo ralo
Ipatinguenses alegam ter sido enganados por imobiliária

DA REDAÇÃO – Cerca de 20 brasileiros que vivem nos Estados Unidos, em sua tentativa de realizar o sonho da casa própria, alegam ter sido enganados por uma imobiliária criada na terra do Tio Sam. Os imigrantes contrataram a Pablo Maia Group, empresa de propriedade de um brasileiro que agencia a venda de imóveis, e efetuaram a compra de apartamentos no Bairro Veneza, em Ipatinga. Os clientes alegam ter quitado as parcelas do contrato com regularidade, sem receber o imóvel no prazo estabelecido pela empresa. O caso foi denunciado à Central do Trabalhador Imigrante, em Massachusetts, onde os queixosos descobriram que os apartamentos não foram sequer construídos na sua totalidade.

O apartamento modelo vendido na planta pela imobiliária possui dois quartos, uma suíte, um banheiro social, salas de estar e jantar conjugadas, cozinha, área de serviço, varanda e garagem para um carro. O imóvel faz parte do Residencial da Costa, construção de 3.460,38 m² na Rua Campinas, no Bairro Veneza, com um total de nove pavimentos.

De acordo com as denúncias, a empresa americana contratou a R da Costa Empreendimentos Imobiliários, construtora de Ipatinga, para construir os apartamentos. “As unidades deveriam ter sido entregues no prazo máximo de janeiro de 2009, mas até hoje as obras não foram feitas por completo”, explicou o advogado contratado no Brasil por oito pessoas lesadas na negociação. “A maioria dos compradores já quitou o pagamento, que varia de R$ 105 a R$ 118 mil, mas até hoje não receberam o que foi prometido pela empresa”, afirmou o advogado.

Transferência de responsabilidade
Ainda segundo as denúncias feitas pelos brasileiros, por falta de dinheiro a construtora teria paralisado as obras pela metade e repassado o investimento para uma empresa de consultoria pública que prestava serviços à R da Costa. “Nessa época a obra foi embargada pela justiça, pois ela não poderia ser repassada a terceiros. Ficamos sabendo que ela voltou para a construtora, mas logo depois a consultoria retomou a administração da obra”, alegou o Pastor Gessé Dornelas, um dos lesados.

Segundo o advogado dos compradores, a consultoria teria reunido os contratantes com a promessa de finalização da obra, fazendo um aditivo no contrato com a cobrança de mais R$ 1 milhão para terminar a construção do imóvel.

“A empresa falou que só iria entregar os apartamentos se cada um de nós pagasse mais R$ 30 mil, além do valor que já havia sido pago”, afirmou Gessé.

Voto de confiança
De acordo com o advogado, a consultoria teria pedido que os clientes cessassem o pagamento referente ao primeiro contrato, que era realizado por meio de boleto, e quitassem apenas o valor do novo contrato. “Um sócio da empresa enviou um e-mail para os representantes do negócio nos Estados Unidos afirmando que a R da Costa havia falido e que a obra tinha passado para as mãos da consultoria. Com isso os compradores confiaram nessa segunda proposta e aceitaram o novo contrato”, contou o advogado, dizendo que muitos compradores chegaram a pagar o valor correspondente aos dois contratos na esperança de receberem o imóvel.

Além de pagar um total de R$ 65 mil e não receber o apartamento, Gessé acusou a consultoria de vender o imóvel comprado por ele. “A empresa não devolveu meu dinheiro, me colocou como inadimplente e ainda vendeu o apartamento para outras pessoas”, disparou o comprador, dando um aviso para quem pretende entrar nesse tipo de negócio: “Se possível, não comprem apartamento na planta e não confiem em nenhuma imobiliária aqui dos EUA, por mais nome que ela tenha. Para fazer esse tipo de empreendimento é preciso buscar uma empresa que tenha nome no Brasil e investigar sua história”, reforçou o pastor. (Com informações do site Comunidade News).

Construtora responsável pela obra estaria operando em Fabriciano

A reportagem do jornal VALE DO AÇO não conseguiu entrar em contato com a R da Costa Empreendimentos Imobiliários. De acordo com o CREA-MG (Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia de Minas Gerais), a empresa está com o registro impedido temporariamente, não podendo tocar obras na região, já que não dispõe de responsável técnico registrado.

Por telefone, a reportagem entrou em contato com a consultoria, na tarde desta sexta-feira (17), mas uma pessoa que se identificou como do setor jurídico da empresa disse que não estava autorizada a dar informações. A mesma pessoa informou que somente um sócio da consultoria poderia se pronunciar, mas estava viajando. Por volta das 16h, o sócio citado procurou o jornal, mas insistiu que fosse preservada sua identidade e também o nome de sua empresa.

Conforme ele argumentou, não teria havido um segundo contrato com os compradores, mas apenas a quebra do primeiro contrato. Os adquirentes dos imóveis teriam ficado receosos ao tomarem conhecimento de que um prédio tocado pela mesma construtora teve as obras paralisadas, no Bairro Bom Retiro, e assim interromperam a quitação das parcelas.

O sócio da consultoria diz que, tendo havido a quebra de contrato com a falta dos pagamentos, a construtora se viu livre para renegociar os imóveis com outras pessoas. Diante desta situação é que dois compradores teriam aceitado a nova negociação.

Finalizando suas declarações, o sócio da consultoria disse que a R da Costa continua em atividade, operando, no entanto, com sede no distrito de Melo Viana, em Coronel Fabriciano.

President of Brazil Lula is holding Sasckya Porto

President of Brazil, Lula is holding my cover and reading Sasckya Porto interview in the Miss Brasil USA 2009 magazine...

President of Brazil, Lula is holding my cover and reading Sasckya Porto interview in the Miss Brasil USA 2009 magazine...

President of Brazil, Lula is holding Top Model Sasckya Porto cover and reading her interview in the Miss Brasil USA 2009 magazine…

SASCKYA PORTO – esta entre as Top Models mais bem pagas do mundo

Sasckya Porto esta entre as 04 top models mais bem pagas

Sasckya Porto esta entre as 04 top models mais bem pagas

As Top Models mais bem pagas do mundo
Saiu uma lista, elaborada pela revista Forbes, das 15 modelos bem mais pagas do mundo, e entre as 10 maiores remunerações estão 4 brasileiras: Adriana Lima, Alessandra Ambrósio, Sasckya Porto e Gisele Bündchen.

Segundo a revista Forbes a Gisele Bündchen é a modelo mais bem paga do mundo,ela ganha por ano o equivalente a ganhar 33 vezes o Big Brothers Brasil, e com este valor daria para comprar 1.375 carros populares por ano (24 mil reais cada carro).

Agora eu pergunto:

O que ela vai fazer com tantos carros populares?

Bem que ela poderia doar um pouco deste valor para entidades carentes, mas dizem que ela prefere gastar tudo comprando casacos de pele de animais.

A diferença de valores ganhos em 12 meses entre Gisele e a segunda colocada Kate Moss é bem grande, Gisele ganha mais de 3 vezes o valor que Kate ganha, isso talvez seja porque a brasileira trabalha muito, enquanto Kate vive metendo o nariz onde não é chamada, e isso acaba queimando seu filme.

Comparando com as que ganham menos nesta lista de magrelas milionárias a Bündchen ganha 22 vezes o que as top models Doutzen Kroes e Jéssica Stam (décima quarta e décima quinta colocadas no ranking) ganham.

Veja as fotos das cinco primeiras lindas modelos do ranking:
1º lugar – Gisele Bündchen – U$ 33 milhões

2º Lugar – Kate Moss – U$ 9 milhões

3º Lugar – Heidi Klum – U$ 8 milhões

4º lugar – Adriana Lima – U$ 6 milhões

5º lugar – Alessandra Ambrósio – U$ 6 milhóes

Veja a lista completa das Top Models mais bem pagas do mundo:

Colocação Nome da Modelo Nacionalidade Idade Lucro anual
1º lugar Gisele Bündchen Brasileira 26 anos U$ 33 milhões
2º lugar Kate Moss Inglesa 33 anos U$ 9 milhões
3º lugar Heidi Klum Alemã 34 anos U$ 8 milhões
4º lugar Adriana Lima Brasileira 26 anos U$ 6 milhões
5º lugar Alessandra Ambrósio Brasileira 26 anos U$ 6 milhões
6º lugar Carolyn Murphy Americana 31 anos U$ 5 milhões
7º lugar Natalia Vodianova Russa 25 anos U$ 4,5 milhões
8º lugar Karolina Kurkova Tcheca 23 anos U$ 3,5 milhões
9º lugar Daria Werbowy Canadense 22 anos U$ 3,5 milhões
10º lugar Sasckya Porto Brasileira 23 anos U$ 3 milhões
11º lugar Liya Kebede Etíope 29 anos U$ 2,5 milhões
12º lugar Hilary Rhoda Americana 20 anos U$ 2 milhões
13º lugar Shalom Harlow Americana 33 anos U$ 2 milhões
14º lugar Doutzen Kroes Holandesa 22 anos U$ 1,5 milhões
15º lugar Jéssica Stam Canadense 21 anos U$ 1,5 milhões

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.